Get Adobe Flash player

Cirurgião Tadeu Muritiba alerta para os sintomas do câncer colorretal e medidas preventivas

Tadeu2

Tadeu Muritiba recomenda consultas periódicas com o médico e adoção de hábitos saudáveis para prevenir o câncer colorretal

Pessoas com emagrecimento repentino, sangramento nas fezes, mudança na forma de evacuar, fraqueza e cólica abdominal devem procurar imediatamente o médico, porque podem estar com câncer colorretal. O alerta foi feito pelo diretor-médico e cirurgião geral do Hospital Sanatório, Tadeu Muritiba.

Segundo ele, as chances de quem sofre com a doença dependem do estágio em que foi diagnosticado e iniciado o tratamento. “Se o diagnóstico acontecer cedo, haverá melhor resposta ao tratamento. O índice de cura é muito alto quando o câncer colorretal é diagnosticado na fase inicial. Por outro lado, o índice de intratabilidade é muito alto quando o diagnóstico é tardio”, disse.

Mas, para ele, melhor ainda é prevenir. “Antes de o câncer colorretal surgir, aparecem lesões pre-cancerígenas – geralmente pólipos – que, se detectadas e tratadas, não vão evoluir para a malignidade”, explicou Muritiba.

Daí, ressaltou, a importância de que se adote o comportamento de visitar sempre o médico e bons hábitos de vida, principalmente na alimentação. “Recomendo que não se abuse dos fast foods e do consumo de gorduras e que se busque comer mais frutas e verduras”, disse.

Ele também sugere evitar uma vida sedentária, buscando fazer atividades físicas regulares. Pessoas com mais de 50 anos de vida são mais expostas e devem procurar o médico com mais frequência.

A recomendação, explicou ainda Muritiba, vale para todos, inclusive os que têm fatores que podem levar ao câncer colorretal – características genéticas e características familiares.

A manifestação desse tipo de câncer tem aumentado nos últimos anos. Segundo Tadeu Muritiba, não há números exatos em Alagoas, mas de forma geral aceita-se que seja o quarto tipo de câncer mais comum (perdendo apenas para  cânceres de pele, colo do útero e próstata).

Definição - O câncer colorretal é uma doença maligna que se caracteriza por tumores que atingem o cólon (intestino grosso) e o reto (ultima porção do intestino grosso).

O tipo mais comum de câncer colorretal é o adenocarcinoma colorretal, que se origina das glândulas presentes no cólon e corresponde a mais de 90% dos casos. Outros tipos são os linfomas (originário dos linfonodos do intestino grosso) e carcinoma espinocelular (de origem epitelial).

O diagnóstico do câncer colorretal é normalmente feito através da colonoscopia, uma endoscopia destinada ao cólon e reto. Quando alguma anormalidade é detectada, o médico pode usar o tubo de colonoscopia para fazer um pequeno procedimento cirúrgico e extrair parte do tecido para análise (biópsia).

O tratamento escolhido para o câncer colorretal dependerá do grau de lesão do tumor e da área atingida, além de ter ou não metástase. O médico poderá lançar mão de 3 estratégias principais de tratamento: cirurgia, radioterapia e quimioterapia.

 

 

 

fixmyairandheat.com