Get Adobe Flash player

Hospital Sanatório realiza vacinação contra gripe para seus colaboradores

 

Vacina gripe10

Colaboradores do Sanatório compareceram em massa à vacinação contra a gripe e adquiriram imunidade

Em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, o Hospital Sanatório promoveu vacinação contra a gripe para seus colaboradores, técnicos e prestadores de serviço. Foram, ao todo, cerca de 600 trabalhadores imunizados contra o vírus H1N1 e H3N2.

A vacinação contra gripe para o pessoal que trabalha em hospitais precede a campanha de vacinação em massa realizada com populações de risco de contrair a doença – crianças de seis meses até cinco anos de idade, idosos a partir de 60 anos, gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), povos indígenas, portadores de doenças crônicas ou transmissíveis.

A novidade este ano é que também professores poderão tomar a vacina. Para isso, deverão apresentar nos postos de vacinação documento que comprove a profissão.

A imunização dos profissionais de saúde atende orientação técnica do Ministério da Saúde, que leva em conta a exposição desses trabalhadores ao risco de contágio de gripe em face do contato direto com pacientes e familiares atendidos.

A orientação considera ainda que devem receber a vacina antes dos demais grupos para que adquiram imunização antecipada e estejam em condições de prestar atendimento a possíveis pacientes infectados pelos vírus H1N1 e H3N2.

Segundo a gerente de enfermagem do Hospital Sanatório, Mayara Gouveia, “a adesão do nosso pessoal foi excelente, mostrando conscientização ante a importância da prevenção”.  Ela destacou a parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e com o Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde.

Antecipação – Como ocorreu em 2016, a vacinação contra a gripe este ano foi novamente antecipada. Isso se deve ao registro de casos de infecção ocorridos mais cedo naquele ano – para prevenir que o mesmo ocorra agora, as autoridades sanitárias do país decidiram não esperar e repetir a estratégia do ano passado.

Este ano, também, o Ministério da Saúde ampliou a meta de  vacinação de 80% para 90% do público-alvo, em decorrência dos bons índices do ano passado. Marcado para 13 de maio, um sábado, o Dia D de Vacinação servirá para atender principalmente quem não consegue procurar pelo serviço durante a semana.

A rede Pública de saúde está, desde sábado (24) vacinando as populações alvos nas unidades de saúde e em postos volantes instalados em shoppings e supermercados.

 

 

fixmyairandheat.com